q
PROGRAMA FÁBRICAS DE CULTURA

Seja bem-vindo às Fábricas de Cultura, espaços com oportunidades de acesso gratuito a diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem cursos e uma programação cultural diversificada. Em cada unidade você encontrará:

 

  • Cursos e atividades de iniciação artística (8 a 21 anos) e formação cultural (a partir de 12 anos) nas áreas de música, dança, teatro, circo, foto, vídeo, desenho, grafite, DJ, capoeira e muitos outros;

  • Programação cultural com shows, espetáculos teatrais, de dança e circo, palestras, exibição de filmes, oficinas e exposições;

  • Salas para ensaio para artistas e grupos que desejam espaço para desenvolver projetos artísticos-culturais;

  • Bibliotecas com uma variedade de livros, filmes, jornais, revistas, jogos, espaço para estudo e pesquisa, acesso à internet, além de atividades como contações de histórias e bate-papo com escritores;

  • Estúdios de gravação e captação de áudio com equipe técnica profissional;

  • Cessão de Espaço para grupos poderem agendar salas disponíveis para ensaio/estudo;

  • Projetos especiais nas áreas de teatro (Projeto Espetáculo) e dança (Núcleo Luz) que possibilitam aos jovens a vivência nessas linguagens de forma mais aprofundada.


As atividades acontecem de terça a domingo, inclusive no período de férias. Todas as atividades são gratuitas. As Fábricas de Cultura são um projeto da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.. A Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura atualmente gerencia as atividades desenvolvidas nas unidades:


Jardim São Luís – Inaugurada em 11 de fevereiro de 2012
Vila Nova Cachoeirinha – Inaugurada em 31 de março de 2012
Capão Redondo – Inaugurada em 22 de dezembro de 2012
Jaçanã – Inaugurada em 16 de março de 2013
Brasilândia – Inaugurada em 21 de junho de 2014
Diadema – Início de atividades em 23 de novembro de 2018


Acessibilidade:

  • acesso para cadeirantes, sanitários acessíveis, elevador e rampa de acesso;
  • piso táctil;
  • equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora;
  • impressoras braile e leitor de audiobooks
  • acervo com mais de 110 exemplares em Braille doados pela Fundação Dorina Nowill para Cegos (entre livros e áudio-books);
  • os cursos oferecidos podem receber crianças, jovens e adultos com deficiência física ou intelectual.

 

 

 

 

 
Todos os Direitos Reservados a FÁBRICAS DE CULTURA.
Desenvolvimento de Sites