q
PERGUNTAS FREQUENTES

O que são as Fábricas de Cultura?

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que disponibilizam diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas Unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação

A Fábrica é um programa da Prefeitura, do Governo do Estado, do Governo Federal ou uma iniciativa privada?

O Programa Fábricas de Cultura é uma política pública do Governo do Estado de São Paulo. De quatro em quatro anos a Secretaria da Cultura e Economia Criativa abre um chamamento público onde diversas Organizações Sociais de Cultura se candidatam para concorrer ao direito de administrar o Programa por quatro anos. Hoje, as Unidades das zonas norte e sul e do município de Diadema são gerenciadas pela POIESIS, Organização Social de Cultura, que desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A Instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação e artística e intelectual e de difusão da língua e literatura.

As atividades de cinema, música, teatro show e cursos são gratuitas?

Sim. Todos os espaços e atividades oferecidas pelas Fábricas de Cultura ao público são gratuitos. Em alguns casos é necessária uma inscrição prévia para garantir a utilização de um espaço, horário ou ingresso para entrada como Projeto Espetáculo, por exemplo.

Quais as opções de curso que encontro nas Fábricas de Cultura?

Todos os cursos oferecidos estão na íntegra do site das Fábricas de Cultura na aba respectiva aos cursos.
Nos visite em www.fabricasdecultura.org.br

Como e onde busco informações sobre os eventos que acontecerão nas Fábricas de Cultura mais perto da minha casa?

Em todos os nossos canais de comunicação você tem acesso ao que acontece no Programa Fábricas de Cultura na semana, mês ou semestre. Para um maior detalhamento de atividades você deve consultar nosso site: www.fabricasdecultura.org.br

Vocês estão fazendo atividades no ambiente virtual?

Durante a pandemia, as atividades acontecem exclusivamente nos canais virtuais. Para participar da programação acesse wwww.poiesis.org.br/maiscultura

Tem aula de inglês e computação?

As Fábricas de Cultura trabalham com programações culturais voltadas para a experimentação de práticas artístico culturais. Aulas de inglês e computação não fazem parte de atividades regulares do Programa.

Porque não pode beber nos eventos?

O programa Fábricas de Cultura é uma política pública destinada ao atendimento de crianças e jovens com foco educativo para sensibilização na arte. Não incentivar o consumo de bebida alcoólica para menores de idade constitui uma das premissas para a manutenção da saúde, lazer e bom aproveitamento das atividades artísticas oferecidas pelas Fábricas.

Vejo promoção de cursos, de bolsas de ensino promovido por outras instituições que levam na publicidade a imagem da Fábrica de Cultura Diadema, quando eu sei que de fato é da Fábricas de Cultura?

Todas as programações das Fábricas de Cultura são divulgadas nos canais oficiais do Programa (site e redes sociais) ou por meio de materiais gráficos distribuídos exclusivamente nas unidades das Fábricas de Cultura. Em caso de dúvida para saber se a divulgação é uma fakenews entre em nossas redes sociais ou site e confira nossa programação.

Quando a Fábrica vai voltar a funcionar?

As Fábricas de Cultura seguem atendendo às orientações das Organizações da Saúde e do Governo do Estado. Por ora não temos uma data estabelecida para o retorno dos atendimentos físicos, pois a intenção é preservar ao máximo a saúde dos frequentadores do Programa e de seus funcionários. Entretanto, existem possibilidades de, no segundo semestre de 2020, retornarmos em ritmo moderado seguindo todas as regras de higiene nos espaços e com nosso público.

Vocês vão avisar a imprensa da volta dos cursos?

A comunicação de retorno será disparada em todos os nossos veículos de comunicação. Nas nossas redes sociais, site e materiais impressos distribuídos em todas as unidades e para os já frequentadores de atividades regulares.

A Fábrica tem espaço infantil?

As Fábricas de Cultura são voltadas para o público infanto-juvenil. Sendo assim, todas as atividades pensadas e seus atendimentos sempre são alinhados conforme as demandas do público a partir de 8 anos de idade.

Como usaremos as cadeiras estofadas? E a higienização?

Todas as Fábricas de Cultura passarão por medidas sanitárias antes de sua abertura. A higienização do espaço é uma das muitas prioridades do Programa e seguirão à risca as orientações dos Órgãos Públicos de Saúde e Governo do Estado.

Se faz cadastro do bolsa família?

Na Fábrica de Cultura não se realizam estes cadastros. Você deve procurar o CRAS mais perto da sua residência. Consulte no link abaixo: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/assistencia_social/cras/

Em que mês são feitas as matrículas?

As matrículas das Fábricas de Cultura costumam acontecer sempre em dois períodos do ano: em meados de Janeiro/fevereiro e de julho/agosto. Porém, com o quadro da pandemia e a pausa feita nos atendimentos das Fábricas, seguindo as orientações dos Órgãos de Saúde e do Governo do Estado, para o segundo semestre serão priorizados os inscritos no primeiro semestre de 2020 quando do retorno das atividades regulares.

Quem pode fazer os cursos? (Região que mora, idade, documentos necessários)

Os Ateliês recebem, prioritariamente, crianças e jovens entre 8 e 21 anos. As Trilhas de Produção, em sua maioria, são para pessoas a partir de 14 anos, sem limite de idade. Em algumas Fábricas existem turmas para crianças entre 6 e 19 anos.
Você pode morar em qualquer região de São Paulo, para se inscrever, basta acessar neste site a aba "Cursos e Atividades", selecionar o curso pretendido e preencher a ficha de inscrição.

No caso de aulas de música, preciso ter o instrumento?

Não. Em todos os Ateliês e Trilhas são disponibilizados os instrumentos necessários para acompanhar as aulas.

Em quantos cursos cada pessoa pode se matricular?

Não há limite de cursos para inscrição. Porém é necessário que não coincidam com os horários da escola, no caso de crianças e jovens em idade escolar. Por exemplo, não pode estar matriculado nos períodos da manhã e tarde. Também é necessário haver disponibilidade de vagas para o curso pretendido.

Vai ser preciso fazer a Matricula novamente?

Não será necessário o processo de rematrículas para aqueles que já haviam se matriculado no primeiro semestre de 2020, entretanto, os funcionários da Unidade onde o frequentador tiver feito sua inscrição entrarão em contato por telefone para confirmar quem irá seguir no curso inicialmente matriculado.

Porque não tem lanche todas as atividades da Fábrica?

Os lanches são destinados aos aprendizes inscritos que passam o turno da manhã ou da tarde na Fábrica. As demais atividades são de curta duração dando ao público a possibilidade de se deslocar em qualquer momento, não havendo necessidade de se alimentar na Fábrica.

Como se apresentar na Fábrica?

Propostas para programações culturais devem ser apresentadas para a equipe de Articulação e Difusão local ou para a equipe da Biblioteca. Ela será analisada e, em caso de aprovação, um funcionário de um dos setores informados acima entrará em contato com o proponente.

Como posso apresentar meu projeto para fazer parte da programação?

As propostas de programação cultural podem ser entregues na Fábrica de Cultura diretamente para a equipe de Articulação e Difusão ou pode ser enviada para o e-mail contato@fabricasdecultura.org.br. No caso de programação cultural das Bibliotecas encaminhar diretamente para as equipes de Biblioteca.

Vocês estão recebendo propostas para programação?

Sim. Entre em contato com a supervisão de Articulação e Difusão cultural da Unidade em que pretende propor o projeto. Caso seja um projeto no perfil da Biblioteca, entre em contato com o auxiliar-chefe da unidade. Outra opção é o envio da proposta para o e-mail contato@fabricasdecultura.org.br,

No caso de apresentar uma exposição, quais os caminhos que devo tomar e qual estrutura da Fábrica posso contar?

As propostas de programação cultural podem ser entregues na Fábrica de Cultura diretamente para a equipe de Articulação e Difusão ou pode ser enviada para o e-mail contato@fabricasdecultura.org.br. Sobre espaços, cada unidade de Fábrica de Cultura possui tamanhos diferentes para acolher exposições de artes. Por isso, a proposta expositiva deve conter as orientações técnicas que serão avaliadas e negociadas de acordo com a disponibilidade estrutural de cada Fábrica.

Estou começando minha carreira, gostaria só de me apresentar. Existe algum projeto que posso me enquadrar?

Você pode apresentar uma proposta de show diretamente na unidade de Fábrica de Cultura que gostaria de fazer sua performance. As negociações de gratuidade ou cachê devem ser feitas diretamente com a supervisão de Articulação e Difusão local.

Posso continuar a enviar propostas para apresentações e eventos?

Sim. Todas as propostas de programações seguem sendo avaliadas. Aquelas que se encaixarem no formato Fábricas de Cultura e forem selecionadas para compor o quadro de programações deverão ser executas ainda este ano, em formato online ou presencial, caso as Fábricas já tenham retornado com seus atendimentos no espaço físico.

Em casos de parcerias, quais as condições e possibilidades? Com quem tratar?

Cada parceria é tratada individualmente. Deve ser enviado um e-mail para a Gerência da unidade de Fábrica de Cultura que se pretende iniciar uma conversa e apresentar propostas, ou entrar em contato com a Gerência de Articulação e Difusão ou com a Gerência de Comunicação da Poiesis.

Para atividades culturais realizadas em outros espaços, posso contar com algum apoio da Fábrica?

Você pode apresentar seu pedido junto à Supervisão de Articulação e Difusão local e com a Gerência, explicando os detalhes do tipo de apoio que gostaria de receber. O pedido será avaliado e combinado localmente se a proposta conversar com o formato trabalhado pelas Fábricas de Cultura.

Sou aluno da Fábrica de Cultura e sou artista, posso enviar projetos para participar das programações da Fábrica?

Sim. Suas propostas podem ser apresentadas diretamente para a Supervisão de Articulação e Difusão que avaliará sua proposta e definirá os detalhes da programação. Exemplo: data, horário, veículos de comunicação mais adequados para divulgação, local da apresentação, etc.

Posso utilizar uma sala para ensaio? E como funciona?

As Fábricas de Cultura disponibilizam espaços em formato de Cessões de Espaço. Para poder ter um espaço para ensaio você deve preencher um cadastro de interesse na recepção Unidade em que gostaria de ensaiar ou diretamente com a equipe de Articulação e Difusão. O cadastro não é vitalício, ele deverá ser renovado de tempos em tempos, uma vez que a fila por utilização de espaços nas Fábricas é grande e todos têm o direito de utilizar os espaços.

A cessão de espaço quando voltar será como antes?

As cessões de espaço serão avaliadas caso a caso para que todos possam ter seus momentos de estudo e ensaio. A principal mudança será no que diz respeito à frequência, pois visando a que todos os grupos inscritos possam ter acesso às Unidades, teremos que reduzir a quantidade de encontros por grupos para que todos sejam contemplados e provavelmente não serão liberadas salas fechadas neste ano. As salas sem ventilação serão ocupadas mediante estudos de espaço de maneira a preservar a saúde dos frequentadores.

Porque cessão de espaço não tem lanche?

Até o momento, o recurso disponibilizado para lanches atende somente aprendizes inscritos nos cursos regulares (Ateliês e Trilhas). Iremos avaliar a possibilidade de, futuramente, ampliar sua distribuição.

Porque não empresta instrumentos para cessão de espaço?

Os instrumentos permanecem nas Fábricas com objetivo de serem utilizados pelos aprendizes da Fábrica durante as aulas.

Em 2020 teremos Projeto Espetáculo?

O Projeto Espetáculo continua suas atividades com propostas desenvolvidas on-line. Para viabilizar as apresentações será necessário o retorno às atividades presenciais. Aguardamos as orientações dos órgãos públicos de saúde e Governo do Estado de São Paulo.

Posso vender produtos dentro das Fábricas de Cultura?

Quando a ação está vinculada à alguma programação cultural aprovada e acordada com a Instituição, sim. Entretanto, as Fábricas de Cultura e a Poiesis não tem nenhuma obrigação ou responsabilidade perante as cobranças com o público ou com a salvaguarda dos materiais que se pretende vender. Fica à encargo do responsável pela atividade todo o controle, acompanhamento, definição de valores e cuidado com seus pertences.

Para utilizar o estúdio qual idade mínima? Tenho que morar em Diadema? Pode usar o estúdio para ensaios?

Não existe uma idade mínima, mas menores de idade devem estar acompanhados de um responsável maior de idade, tanto para fazer a inscrição na recepção como durante todo o período de atendimento no estúdio. Não é preciso morar em Diadema, não há limitação regional para utilizar o estúdio de gravação e mixagem da Fábrica Diadema. O estúdio não realiza ensaios.

Como será o retorno dos trabalhos dos Estúdios?

Os estúdios voltarão a funcionar por fases. Inicialmente serão abertas as chamadas das pessoas que já se inscreveram no início do ano. A prioridade será a entrega das mixagens. Quando todos os que haviam se inscrito tiverem sido chamados e estiverem com seu material musical em mãos, será aberta nova chamada pública para inscrições.

Como faço para gravar no estúdio? Quanto tempo tenho disponível?

Para se inscrever em nossos estúdios, vá pessoalmente à Fábrica levando um documento de identidade com foto. Menores de idade devem ir acompanhados de um responsável maior de idade, também com documento de identidade com foto. A inscrição dá direito a uma sessão de gravação e/ou mixagem com 4 horas de duração.

O estúdio faz mixagem e masterização?

O estúdio realiza gravação e mixagem, não masterização.

Tenho uma banda, posso utilizar o espaço do estúdio para ensaios?

Infelizmente não. Os estúdios são locais muito concorridos e utilizados desde o início do ano por pessoas das comunidades para terem suas faixas gravadas e mixadas. Quatro de nossas unidades de Fábricas de Cultura já possuem salas de ensaio para bandas. São elas: Vila Nova Cachoeirinha e Jaçanã na zona norte de São Paulo, Jardim São Luís e Capão Redondo, na zona sul.

Como é essa parceria com a Tratore?

Os artistas que gravam nos estúdios das Fábricas de Cultura podem distribuir suas músicas nas principais plataformas digitais do mundo sem a cobrança das taxas de cadastro. A parceria também envolve o lançamento de coletâneas temáticas com músicas gravadas nos estúdios das Fábricas, além de ações de formação e difusão na área da música, por meio do projeto Atalhos Sonoros.

Os estúdios irão abrir novas inscrições?

Os atendimentos dos estúdios, assim como as novas inscrições, serão retomados de acordo com as orientações das Organizações da Saúde e do Governo do Estado.

Quem já estava inscrito, será chamado para gravar?

Assim que os atendimentos forem autorizados, a equipe do estúdio entrará em contato com os artistas inscritos para realizar os agendamentos.

Como vão ser as medidas de prevenção daqui para a frente?

As Fábricas de Cultura seguem atendendo às orientações das Organizações da Saúde e do Governo do Estado. No retorno de funcionamento serão informados novos procedimentos para frequência na Unidade com foco na saúde de todos.

Terá chamamento/edital para contratação de programações?

No momento, não. As Fábricas vêm se fortalecendo como polo de cultura nas regiões periféricas e a apresentação de projetos artísticos culturais do território está cada vez mais elevada, não havendo a necessidade de lançamento de chamamentos no momento.

No retorno terá empréstimo de equipamentos de som e luz?

Cada caso será avaliado individualmente seguindo todas as medidas de segurança e as orientações sanitárias.

A Fábrica terá espaço para estudos/leitura além da biblioteca?

As Bibliotecas são espaços amplos com acesso à uma elevada gama de opções para leitura de títulos nacional e internacional. A demanda hoje por procura de espaços de leitura é imediatamente acolhida e atendida pelas Bibliotecas e suas equipes, não havendo a necessidade de outro espaço dedicado ao tema.

Quando vão renovar os computadores da Biblioteca?

Os computadores disponibilizados em nossos laboratórios de pesquisa passam por uma manutenção de rotina, que possibilita a utilização dos recursos para pesquisa e acesso à Internet.

Como trabalhar na Fábrica?

As Fábricas de Cultura trabalham com processos seletivos são realizados mediante apresentação de currículo no site da Poiesis na aba “Trabalhe conosco”

Para onde encaminhar currículo?

As Fábricas de Cultura trabalham com processos seletivos que são realizados mediante apresentação de currículo no site da Poiesis na aba “Trabalhe conosco”

Quais os critérios para contratação? Pois já encaminhei o currículo várias vezes e não fui chamado.

Os critérios sempre são: avaliação do currículo segundo as competências exigidas para cada cargo, entrevista presencial e, dependendo do setor da vaga, é aplicada uma prova técnica para avaliação das habilidades específicas.

 
Todos os Direitos Reservados a FÁBRICAS DE CULTURA.
Desenvolvimento de Sites